quarta-feira, 14 de julho de 2010

Temperos, Ervas e Especiarias!



Especiarias e Ervas - originalmente elas eram empregadas em preparo de medicamentos e para disfarçar o gosto azedo dos alimentos estragados. Já foram moedas de troca e já foram também símbolo de riqueza. Atualmente, enriquecem a alimentação, conferindo sabor e aroma aos pratos e sofisticam a gastronomia. Na cozinha não podemos nos limitar ao alho e a cebola na hora de temperar nossas receitas, temos que ousar e incrementar as receitas com ervas e especiarias.

Devemos ter alguns cuidados em comprar e armazenar " Os Temperos - ervas e especiarias" :
1. Jamais devemos comprar grandes quantidades, pois, com o tempo ele perde o sabor e o aroma.
2. O ideal é dar preferência as especiarias moídos na hora, em moedor ou pilão, e as ervas frescas, pois eles soltam o aroma durante o cozimento.
3. Quando não conhecemos o tempero devemos adicioná-lo com cuidado, não devemos misturá-lo a outros temperos.
4. Uma boa ideia para quem prefere temperos inteiros, como grãos e pau de canela, é coloca-lo em uma trouxinha de gaze, retirando-a no final do preparo.
5. A umidade e o grande vilão das especiarias e de algumas ervas. Assim, devemos manter as especiarias em vidros bem tampados, e as ervas lavadas e secas também fechadas em potes, ambos longe do calor e do excesso de luz.

Vamos agora conhecer alguns " Temperos" :

Alecrim - Fica muito bom em assados. Casa bem com carne vermelha, frango ou peixe. Dá um toque especial a batatas.

Sálvia - Perfeita para temperar aves. Você pode colocar algumas folhinhas na hora de cozinhar o arroz para deixá-lo com um gostinho especial. Muito usada na culinária italiana, faz uma dupla perfeita com a manteiga para acompanhar um belo prato de macarrão.

Orégano - Indispensável nas pizzas, vai muito bem em ensopados de carne, de frango ou de legumes variados.

Louro - Embora seja muito usado no Brasil como tempero aromático do feijão também pode ser adicionado ao preparo do arroz. O efeito, incrível, é um dos grandes segredos de restaurantes consagrados. Basta colocar uma folha lavada na água borbulhando enquanto o arroz cozinha.

Coentro - Mais conhecida como tempero de peixe, essa erva também fica bem no feijão e como acompanhamento de saladas de folhas. Só tome cuidado para não exagerar, com sabor acentuado, o coentro pode acabar roubando a cena do almoço ou jantar.

Manjericão - Estrela da culinária italiana, enriquece qualquer molho de tomate. Amassado com azeite e nozes picadas vira um delicioso pesto para acompanhar massas e pães.

Pimenta-Rosa - Suave e decorativa, pode ser usada para acompanhar uma salada verde ou para dar um toque levemente picante ao vinagrete.

Açafrão - Um dos condimentos mais caros do mundo é muito potente e essencial na paella espanhola, na bouillabaisse francesa, no risoto alla milanese e em pratos marroquinos. É encontrado também em pó.

Açafrão-Da- Terra - De sabor ligeiramente picante, existe varias versões em pó e raiz fresca. No nordeste, entra no preparo de arroz, peixadas e pirão.

Anis-Estrelado - De sabor forte e aroma doce, vai bem com peixes, frutos do mar, frango, pães, biscoito e doces.

Canela - Quanto mais fina é a casca, melhor é o seu sabor. Aparece na culinária mundial em receitas doces (arroz-doce, bolos, bebidas e chocolate) e salgadas ( carnes e ensopados), em pau ou moída.

Cominho - De aroma acentuado e sabor fresco, esse condimento é muito comum na cozinha árabe, no Extremo Oriente e na América Latina. Combina bem com outros temperos.

Cravo-Da- Índia - De sabor intenso e ligeramente picante, o cravo pode incrementar o sabor de doces, assados e bebidas em geral.

Mostarda - Os grãos servem para realçar o gosto de conservas, batatas cozidas e receitas de carne de porco. Já a mostarda em pó é ótima opção para caldos, sopas e molhos.

Noz-Moscada - Essa semente perfuma receitas à base de leite e creme de leite, como purês e molhos brancos, com vegetais como cebola, couve-flor, espinafre e batatas, além de bolos.

Páprica - De sabor picante ou doce, esse condimento deriva de um tipo de pimentão de cor vermelha-escura. É bom em molhos e ensopados de carne ou frango.

Pimenta Calabresa Seca - Essa variedade seca e flocada é excelente para dar sabor bem picante a molhos e temperar carnes. Deve ser usada em pequenas quantidades, com muito atenção.

Pimenta-Do-Reino - Nas versões preta(colhida verde, com a polpa, que depois escurece) e branca (colhida madura, sem a polpa), é encontarda em grãos ou já moída. Tempera molhos, carnes, saladas, maionese e uma infinidade de pratos.

Erva-Doce - De aroma adocicada, as sementes entram no preparo de infusões, peixes, legumes, bolos e biscoitos.

Pimenta-Da-Jamaica - Como o nome sugere, é nativa da América Central e a principal produção vem da Jamaica. É também conhecida como allspice, sabor ligeiramente picante. Inteira ou moída, vai muito bem em marinadas, picles e receitas de bolo com mel.

Cardamomo - A essência aromática está nas sementes dentro das cápsulas. Serve para aromatizar doces, salgados e algumas bebidas, como chás.

Gengibre - É uma raiz rica em propriedades terapêuticas, muito utilizada como condimento e remédio caseiro pelo menos por 5000 anos, originário da Ásia. O emprego do gengibre na culinária proporciona verdadeiras surpresas. Podemos utilizá-lo seco, na forma de pó que deixa muito a desejar em sabor e aroma; o fresco é mais aromático. Possui sabor picante e pode ser usado tanto em pratos salgados ( assados, ensopados,costelas), quanto nos doces e sob diversas formas.

Hortelã - Tem um dos sabores mais populares do mundo, é o mesmo tempo refrescante e ardida, com fragrância adocicada. Nativa do sul da Europa e mediterrâneo, facilmente se adptou ao Brasil. Na culinária ocidental é usada para dar sabor a berinjelas, abobrinhas, ervilhas, batatas e tomates. Vai muito bem também com carne de frango, porco e vitela. Na culinária árabe a hortelã é essencial para o tabule, e perfeito para acompanhar o quibe.

Curry - O caril ou curry é uma mistura de especiarias. Este condimento é feito à base de pó amarelo de açafrão-da-índia, cardamomo, coentro, gengibre, cominho, casca de noz-moscada, cravinho, pimenta e canela. Existem caris que chegam a levar setenta plantas diferentes. Inicialmente o caril servia para temperar exclusivamente o arroz, mas atualmente é usado para confecção de inúmeras receitas, como o frango ao curry. Esse condimento é muito utilizado na culinária de países como Índia, Tailândia e alguns outros países asiáticos.

Salsa - Natural da Europa, a salsa(conhecida também por salsinha, salsa-de-cheiro ou salsa-hortense) foi trazida para o Brasil no início da colonização. É comercializada fresca(em maços) ou seca(desidratada em saquinhos) que é menos aromática. Combina com batata, legumes, sopas, ensopados, saladas, carnes, frango e peixes de água doce.

Tomilho - Na porção européia que beira o Mar Mediterrâneo, surgiu esta erva. Versátil, aromatiza carnes e guisados, alimentos cozidos no vinho, patês, molhos e pães. Vai bem em peixes e frango, tempera queijos, compõe molhos, dá sabor especial a caldos, sopas e marinados é excelente tempero para carnes. Deve ser usado com cuidado e moderação, pois tem sabor acentuado e pode roubar o sabor no qual sempre entra como um coadjuvante.

O segredo que diferencia os vários estilos de culinária, é novamente o bom uso das ervas e dos condimentos:
1) Comida Italiana - são usados o manjericão, o orégano, a salsa, o alecrim, a noz-moscada, a pimenta calabresa, e a sálvia.
2) Comida Indiana - é temperada com pimenta vermelha, coentro, noz-moscada, canela, gengibre, erva-doce, cravo-da-índia.
3) Comida Espanhola - os mais usados são o açafrão, a páprica, a salsa e o cominho.
4) Comida Francesa - os condimentos utilizados são, a salsa, o alecrim, o noz-moscada, tomilho e o açafrão.
5) Comida húngara - é famosa por fazer muito uso da páprica, do cominho e da pimenta branca.
6) Comida mexicana - usa pimenta malagueta, o orégano, o cominho, a canela e o coentro.
7) Comida grega - usa muito hortelã e canela.
Os Temperos, as Ervas e os Condimentos dão sabores e aromas incríveis aos pratos e até em alguns banhos. Espero que gostem desse post e que ele seja útil de alguma forma.
Agradeço a presença dos meus seguidores e dos novos visitantes.
Um abraço a todos. Sinta-se a vontade e comente.

18 comentários:

  1. Muito bom alguém falar tão claramente sobre as ervas. Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  2. mto boa a explicação,estão sendo úteis! obrigado!

    ResponderExcluir
  3. Gostei das dicas,valiosas na culinária, obrigada

    ResponderExcluir
  4. gostei tirou minhas duvidas com suas dicas obrigado e sucesso .!

    ResponderExcluir
  5. Aprede mais sobre as elas na culinária e muito bom

    ResponderExcluir
  6. PARABÉNS PELAS EXPLICAÇÕES.

    ResponderExcluir
  7. show de bola !!! Acabei de casar e estou adorando cozinhar e quero conhecer novos temperos

    ResponderExcluir
  8. Há muito tempo, procurava informações tão boas, unidas de uma só vez!

    ResponderExcluir
  9. Dicas muito boas. Obrigado

    ResponderExcluir
  10. Muito interessante. Me tirou muitas dúvidas. Excelente!

    ResponderExcluir
  11. Valiosas informações. Parabéns ao editor.

    ResponderExcluir
  12. Respostas
    1. Obrigado pelo carinho da visita Sueli, espero ter ajudado! Um grande abraço.

      Excluir
  13. gostei :)

    Para quem kiser comprar essas especiarias ou bom caril da marca Jalpur recomendo a loja piripiri ( casapiripiri ) que esta ja a mais de 20 anos no centro comercial da portela.

    Recomendo

    obrigada

    ResponderExcluir

Sample Text

Espero poder ajudá-lo com minhas dicas, soluções e informações, para tentar tornar seu dia a dia familiar e doméstico mais prático e agradável.